Onde investir no Tesouro Direto?

Conheça os tipos de títulos e as formas de ganhar dinheiro com eles!

Dando continuidade nas postagens sobre renda fixa hoje explicaremos melhor sobre Tesouro Direto. Tesouro Direto é um título público emitido pelo Tesouro Nacional (SFN). Foi criado para dar acessibilidade a todos os investidores (investindo a partir de R$30,00).

Tesouro direto
Tesouro direto

Alguns pontos positivos são a facilidade de investir (basta acesso a internet e conta em uma corretora), por ser emitido pelo governo é um investimento de baixo risco (tão seguro quanto à poupança. Outra vantagem é a liquidez diária, podendo solicitar o resgate a qualquer momento (podendo ser uma boa opção para fazer uma reserva de emergência).

Categorias:

  • Tesouro Prefixado (LTN):

Possuí rentabilidade já pré-determinada. Assim você já sabe exatamente quanto vai receber até a data do vencimento, independente das condições do mercado. São recomendados para quem acredita que os juros da economia vão cair no futuro. A opção de prefixado com juros semestrais é encontrada com o código de (NTN-F).

  • Tesouro pós fixados

Os títulos pós fixados podem ser atrelados à inflação ou à taxa Selic.

  • Inflação (NTN-B Principal), com juros semestrais (NTN-B):

Estes títulos possuem parte da sua rentabilidade atrelada ao nível de inflação vigente, assim é garantia de proteger o dinheiro da desvalorização do tempo.

Exemplo: IPCA + 5,0%

O investidor irá receber o juros semestral referente a taxa IPCA mais os 5% (parte variável mais a parte fixa).

  • Selic (LFT):

A rentabilidade destes títulos está indexada à taxa Selic, este confere 100% da taxa Selic. Possui baixa volatilidade e rende sempre de forma positiva.

Exemplo: Tesouro Selic 2023.

O investidor irá receber o juros referente à taxa selic no dia do resgate referente ao prazo que ficar aplicado.

Como escolher?

Depende dos seus objetivos e do prazo que pretende aplicar o seu dinheiro, bem como conhecer o seu perfil de investidor (ele irá dizer a sua exposição a investimentos de risco). Vamos a um passo a passo:

Caso o seu objetivo seja um objetivo de curto prazo (menos de três anos), como trocar de carro, recomendo Tesouro Selic, por se tratar de um título que não retrai. E possuí incidência de juros diários.

Para médio e longo prazo vai depender do seu perfil de investidor, se prefere conhecer o rendimento antes da aplicação escolha os prefixados. Se prefere a possibilidade de ganhar acima de um valor fixo, escolha o posfixado atrelado a inflação.

Uma parte é do governo!
Uma parte é do governo!

O pagamento de rendimentos semestrais há incidência de Imposto de Renda, se seu objetivo tem o prazo maior de seis meses de preferência para os rendimentos no vencimento.

Ficou alguma dúvida? Entre em contato conosco!   

Já recebeu nossa planilha exclusiva para controlar seu orçamento?

Hoje colocarei em pauta o lado mais cientifico das finanças e comportamento humano. Espero com isto atingir quem tem interesse em aprofundar o conhecimento de como os acontecimentos globais e tendências de mercado afetam seu bolso para entender como economistas tentam prever o futuro.